Seguir

Como Fazer uma Nota de Remessa

Nesse artigo iremos falar a respeito do que são e como emitir, Notas de Remessa.

Esse documento é utilizado sempre que alguma mercadoria é transportada para fora da sua empresa. Na maioria dos casos, costuma ser isento ou suspenso de impostos. Esse benefício depende do estado onde a empresa está localizada.

 

A nota fiscal de remessa

Antes de falarmos da nota de remessa, precisamos entender o conceito de NF-e, que é a nota fiscal eletrônica. Esse é um documento de emissão obrigatória sempre que ocorre circulação de mercadorias. Pode ser em uma operação de compra e venda, por exemplo, mas também na devolução de um item ou remessa.

Particularmente sobre remessa, estamos nos referindo à retirada de um produto do seu estoque para envio a outro estabelecimento, mas em operação não comercial. Ou seja, se as mercadorias são transportadas de uma filial para outra, por exemplo, uma nota de remessa deve ser emitida.

Basicamente, podemos dividir em duas as finalidades desse documento:

  • Saída: quando o material está sendo retirado da sua empresa, como o envio de um item para conserto
  • Entrada: quando o item está entrando na sua empresa e não possui uma nota fiscal, como nos casos de amostras grátis recebidas de pessoas físicas, que não emitem nota.

 

Em muitos casos, é isenta ou possui a suspensão de impostos. Mas isso deve ser verificado em cada caso.

 

Alguns Exemplos de Nota Fiscal de Remessa:

Existem diversos exemplos de notas de remessa. Os principais são:

  • Amostra grátis
  • Brindes
  • Doações
  • Conserto
  • Consignação
  • Demonstração
  • Depósito externo
  • Industrialização (caso de transformação da matéria-prima em uma unidade diferente da empresa)
  • Armazém.

Existem ainda outras justificativas para a remessa de bens e mercadorias. A emissão é simplificada, justamente porque na grande maioria dos casos há isenção ou suspensão de tributos.

Para entender melhor, vejamos as características de um dos modelos de nota. 

Conserto:

É válida quando o produto adquirido por um cliente apresenta defeitos e é entregue para reparos. Sua empresa encaminha a um terceiro ou devolve para a empresa que comprou para fazer o conserto e, para isso, precisa da nota. O documento está suspenso ou isento de impostos, dependendo do estado, e o retorno pode ocorrer no prazo máximo de 180 dias.

 

Observações:

Como você pôde perceber, a nota fiscal de remessa é um documento importante e simplificado, no qual geralmente inexiste a cobrança de impostos, na maioria dos casos. No entanto, se sua emissão for esquecida, a empresa pode sofrer sanções. Por isso, atente-se às dicas que vamos repassar para evitar dores desnecessárias. 

Emissão no Eccosys:

Para emitir uma nota de Remessa no Eccosys é necessário seguir os seguintes passos:

  • Passo 1 - Deverá ser criada uma natureza de operação onde deverá ser informada a CFOP referente a operação que pretende efetuar, junto com as informações de situação tributária e impostos. (Tais informações são adquiridas junto a contabilidade da empresa).
  • Passo 2 - Após ter a natureza de operação configurada, basta acessar: Vendas > Painel de Notas Fiscais > na nota em questão, será necessário selecionar a natureza criada anteriormente.
  • Passo 3 - Será necessário aplicá-la a nota. Fazendo isso, os valores e informações configurados na natureza de operação, serão ajustados na nota. 

 

Passo 1

Sele__o_213.png

 

Passo 2

Sele__o_210.png

 

Passo 3

Sele__o_211.png

 Lembrando que havendo qualquer dúvida ou problema o suporte está à disposição para auxiliar.

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Por favor, entre para comentar.
Desenvolvido por Zendesk